O que é a Artroscopia?

A artroscopia é uma técnica endoscópica o que permite a visualização do interior das articulações e o tratamento de suas doenças e lesões.

As articulações mais frequentemente tratadas com essa técnica são o joelho e o ombro, em lesões do manguito rotador, meniscos e instabilidade articular (lesão ligamentar).

A endoscopia é a técnica de visualização com auxílio de câmeras do interior do nosso corpo, entre elas incluem-se:

-endoscopia digestiva (que visualiza o esofago, estomago e início do intestino)

-colonoscopia (que visualiza segmento final do trato gastrointestinal / intestino grosso)

-laparoscopia (que visualiza o interior da cavidade abdominal)

-cistoscopia (que visualiza o sistema urinário, principalmente a bexiga)

-toracoscopia (e permite a visualização da parte interna do tórax)

Artroscopia na ortopedia

Praticamente qualquer articulação sinovial pode ser visualizada por artroscopia, entretanto, devido ao tamanho das câmeras de artroscopia e dos seus instrumentos de manipulação, articulações ainda muito pequenas não são tratadas com este método.

No início, existia um grande preconceito por parte da maioria dos cirurgiões em relação à artroscopia, pois acreditava-se que a visualização articular realizando-se um corte extenso era superior a técnica artroscópica.

Existia uma máxima na ortopedia, defendida por este cirurgiões que dizia “para quê irei olhar pela fechadura, se posso abrir ir a porta”, fazendo uma comparação e analogia da artroscopia com a cirurgia aberta, conhecida como artrotomia.

A primeira utilização da artroscopia era apenas para visualização das estruturas intra-articulares, considerado na época mais método diagnóstico do que como uma técnica cirúrgica.

Naquele momento, a visualização era direta apenas com um instrumento semelhante a uma cânula. Um advento da fibra ótica e de outras tecnologias de condução de imagens, elas passaram a ser projetadas em televisores e monitores.

Com passar dos anos, foram se aperfeiçoando instrumentos para a utilização através de pequenos orifícios, consagrando como uma técnica minimamente invasiva.

A técnica se desenvolveu mais rapidamente para artroscopia no joelho e em segundo lugar a artroscopia de ombro.

Hoje realiza-se artroscopia em praticamente todas as grandes articulações do corpo que incluem:

– artroscopia de joelho

– artroscopia no ombro

– artroscopia de quadril

– artroscopia de cotovelo

– artroscopia de punho

– artroscopia de tornozelo

– cirurgia endoscópica da coluna

A aprendizagem da artroscopia demanda mais treinamento do quê as mesmas cirurgias realizadas de forma abertas, entretanto, na mão de médicos capacitados e familiarizados com a artroscopia, os resultados costumam ser melhores.

Isso ocorre pois são cirurgias menos invasivas, com lesão menor de estruturas durante a via de acesso, que permitem uma reabilitação mais precoce e possuem um risco menor de infecção, soltura de pontos, além das vantagens estéticas nitidamente percebidas.

Artroscopia de joelho

Portais Da Artroscopia Do Joelho

Portais da artroscopia do joelho

Hoje a artroscopia permite realizar reconstrução de ligamentos, artroscopia meniscal, toalete cirúrgico (regularização de estruturas lesionadas), tratamento de lesões de cartilagem, tratamento de sinovite e doenças pseudotumorais, remoção de corpos livres, liberação de rigidez articular e fibrose, entre outras.

Sendo as duas principais indicações a cirurgia do ligamento cruzado anterior e a artroscopia menisco, esta última  sendo a mais frequente de se fazer.

Artroscopia meniscal

Acredito que aqui vale um parágrafo apenas para este tópico, pois é a principal indicação da realização de artroscopia no joelho.

Antigamente acreditava-se que o menisco era uma estrutura com pouca importância na articulação do joelho, desta forma, era rotina realizar a remoção total do menisco quando apresentava alguma lesão ou má formação. Com passar dos anos percebeu-se que estas pessoas sem menisco desenvolviam artrose precoce.

Atualmente procuramos, sempre quando existe indicação de cirurgia, preservar o máximo desta estrutura, eventualmente necessitando realizar a sutura do menisco (pontos no menisco).

Artroscopia de ombro

Esta técnica está consagrada na cirurgia de ombro.

Através dela é possível tratar lesões do manguito rotador, principalmente a lesão do supra-espinhal, tratamento de alguns quadros de artrose, instabilidade na articulação do ombro, entre outras com uma lesão SLAP.

A principal indicação para realização da artroscopia ombro é para as lesões do manguito rotador.

Recuperação

Como comentado anteriormente, a recuperação após a realização da artroscopia é muito mais rápida quando comparada a realização da mesma cirurgia por técnica aberta.

A cicatrização dos tecidos cidade forma mais rápida pois não requer grandes cortes na pele e nas estruturas mais profundas.

O tempo de recuperação é variável dependendo da região operada e do tipo de doença tratada.

Por exemplo, um paciente submetido à cirurgia do ligamento cruzado anterior está apto para realizar carga total com auxílio de muletas desde o primeiro dia de cirurgia, da mesma forma uma meniscectomia parcial ou total permite com que o paciente também de carga total logo após a cirurgia, com o auxílio de muletas.

Imagem De Artroscopia Do Cruzado Anterior Reconstruído

Imagem de artroscopia do cruzado anterior reconstruído

Habitualmente, os pacientes que fizeram cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior estão caminhando sem auxílio de muletas com aproximadamente um mês, já os pacientes que fizeram uma meniscectomia estão caminhando sem muletas entre uma e duas semanas após a cirurgia.

Por outro lado, um paciente submetido a sutura do menisco, deve permanecer aproximadamente de 4 a 6 semanas sem dar carga na perna operada, para que possa ocorrer a cicatrização adequada do menisco.

Conclusão

Como vimos neste texto, a cirurgia artroscopia apesar de moderna, está consagrada em muitas áreas da ortopedia, sendo as principais, a artroscopia de joelho e a artroscopia de ombro.

É uma técnica minimamente invasiva, que além das vantagens estéticas de evitar em cicatrizes grandes, permitem a recuperação mais rápida e com menor índice de complicações.

Ela requer mais habilidade e treinamento por parte do cirurgião, mas quando executada de forma correta seus resultados costumam ser favoráveis, com alto índice de satisfação pelos pacientes.

É importante lembrar também que a indicação correta dos procedimentos cirúrgicos e a condução pós operatória são fundamentais para um bom resultado cirúrgico.

Espero que tenha esclarecido a respeito de o que é artroscopia. Se você gostou do artigo, ficou com alguma dúvida, o gostaria deixar alguma sugestão escreva nos comentários abaixo.

Se gostaria de agendar uma consulta entre em contato com a clínica e agende uma consulta comigo, Dr Oliver Ulson, ficarei feliz em poder ajudar. Atendo como ortopedista em São Paulo (Itaim Bibi e Higienópolis) e Alphaville (Barueri / Santana de Parnaíba).

Referências:

O que é artroscopia (em inglês)

Artroscopia de Joelho (em inglês)

Cem anos da Artroscopia de Joelho

Artroscopia Cirurgia em pacientes acima dos 40

Artroscopia diagnóstica e terapeutica em pacientes sintomáricos pós-artroplastia do joelho