Canelite é o nome popular dado para a Síndrome do Estresse Tibial Medial, ou Periostite Medial da Tíbia. Como o nome sugere, a canelite é uma inflamação dos tendões, músculos e do osso da canela.

Essa condição é muito comum de acontecer com atletas que treinam corrida de forma bastante intensiva, pois ela costuma ser causada por esforço repetitivo. É mais frequente em mulheres do que homens.

O uso de calçados inadequados para a prática esportiva, bem como o treino de corrida em terreno irregular e exercícios excessivos para a perna, são as principais causas dessa inflamação.

SINTOMAS

O sintoma mais comum da Canelite é a dor intensa na canela. Além disso, costuma ocorrer inchaço nas pernas, sensibilidade ao toque, fraqueza nos pés e dor ao caminhar.

A região dessa dor é indicativo do tipo de Canelite: na anteromedial a dor se localiza na parte superior da tíbia, dentro da perna ou na frente da canela. Já na Posterolateral, a dor ocorre parte de baixo, do lado de fora ou na parte de trás da canela.

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é feito através de uma análise do histórico do paciente, além do uso da Ressonância Magnética que vai identificar alguma alteração na região da dor.

O exame de densitometria óssea também é importante para descartar outras doenças, pois existem lesões que possuem os mesmos sintomas: síndrome compartimental crônica de esforço, compressão do nervo tibial e a síndrome do aprisionamento da artéria poplítea.

TRATAMENTO

O tratamento convencional se inicia por repouso, uso de gelo no local da dor e também de anti-inflamatórios. A Fisioterapia, o alongamento e posteriormente exercícios para fortalecimento dos músculos da perna são recomendados.

O uso da Terapia por Onda de Choque é altamente indicado para o tratamento da Canelite, pois ele é mais eficaz que o tratamento convencional, e por conta disso reduz o tempo de recuperação do paciente em até 50%.

Em geral, a recuperação se dá por volta de três, desde que o paciente siga as orientações dos profissionais de saúde e mantenha o uso de compressa de gelo, além de não praticar exercicios com tanta intensidade.

CONCLUSÃO

Caso esteja sentindo alguma dor na canela após a pratica de exercícios físicos, não deixe de consultar ocm um ortopedista, pois caso não tratada corretamente, a Canelite pode levar levar além de um agravamento dos sintomas, a uma fratura por estresse na Tíbia.

 Se ficou com alguma dúvida, gostaria de fazer alguma sugestão, ou alguma colocação, escreva abaixo nos comentários.

Agora, se gostaria de agendar uma consulta, ficarei feliz em poder ajudar, atendo como ortopedista em São Paulo (Itaim Bibi e Higienópolis) e Alphaville (Barueri / Santana de Parnaíba) e por telemedicina.

REFERÊNCIA:

– Síndrome do Estresse Tibial Medial (Inglês)

Protocolo Fisioterápico para “Canelite”