Ciatalgia


Índice

1. Dor no Nervo Ciático | O que é Ciatalgia?
2. O que é o nervo ciático?
3. O que significa ciatalgia?
4. Nervo ciático: onde dói?
5. Ciatalgia: sintomas
6. Diagnóstico Diferencial
7. Causas
8. Como tratar a dor do nervo ciático
9. Como tratar o nervo ciático (ciatalgia)?
10. Referências

1. Dor no Nervo Ciático | O que é Ciatalgia?

Ciatalgia, ou dor no nervo ciático, é um termo ou doença carregada de equívocos pelos pacientes.

Para entender o que é a ciatalgia, primeiro é preciso entender o que é nervo ciático.

2. O que é o nervo ciático?

O nervo é um tecido composto por neurônios que fazem a transmissão de impulsos com o sistema nervoso central que nos permite movimentar nosso corpo, sentir o ambiente e sentir o nosso próprio corpo no espaço.

O nervo ciático é formado pelas raízes nervosas do plexo lombossacral (L4 a S3). Ele desce pelas nádegas, posterior da coxa e perna, se ramifica em dois principais nervos ao nível do joelho (n. tibial e fibular), indo até os pés, permitindo a inervação sensitiva e motora dos membros inferiores.

3. O que significa ciatalgia?

O termo ciatalgia significa “dor no nervo ciático”. Ocorre na maioria das vezes por uma compressão de alguma estrutura que o forma, tendo a causa, hérnias de disco, osteófitos (bico de papagaio), contraturas musculares, entre outros. Os principais sintomas são, dor irradiada para a perna, com formigamento ou choques.

Presenca-de-protrusoes-discais-podendo-comprimir-raizes-nervosas

Protrusões discais

4. Nervo ciático: onde dói?

Assim fica mais fácil entender quais são os sintomas da ciatalgia. Geralmente o paciente apresenta dor associada a formigamento e perda de sensibilidade nas pernas e, em casos mais graves, perda de força de alguns músculos. Essa dor pode ter muitas origens, mas geralmente está associada com algum quadro de compressão do nervo. Essa compressão pode ocorrer na coluna, por uma protrusão ou hérnia de disco, ou pode ocorrer alguma compressão periférica por contratura muscular ou como a síndrome do piriforme, que é um músculo localizado na região do quadril que pode comprimir o nervo.

Classificacao-de-hernias-discais-A-Normal-B-Protrusao-C-Extrusao-D-Sequestrada

Classificação De Hérnias Discais A Normal, B Protrusão, C Extrusão, D Sequestrada

5. Ciatalgia: sintomas

Muitas pessoas creem que a ciatalgia é uma dor localizada na região da coluna lombar, ou dor lombar irradiada para as costas e pescoço, mas como explicado anteriormente, este conceito é errado, nestes casos o que a pessoa deve ter é um quadro de lombalgia ou dorsalgia, mais relacionados a contraturas musculares nessas respectivas regiões.

6. Diagnóstico Diferencial

Outro diagnóstico diferencial da dor no ciático (ciatalgia) são as lesões na musculatura isquiotibial (musculatura posterior da coxa). Dessa forma, os pacientes também apresentam uma dor na face posterior da coxa com irradiação no músculo acometido. Nestes casos o paciente não apresenta dor ou formigamento abaixo do joelho e não apresenta dores lombares associadas. Geralmente estão associados com movimentos de contração rápida, como durante uma partida esportiva.

7. Causas

Da mesma forma que as outras lesões de origem na coluna, quadros de dor do nervo ciático são frequentemente associados com pacientes sedentários, com musculatura desequilibrada, postura inadequada no trabalho, fumantes, diabéticos e com outras doenças associadas. Muitas vezes o quadro inicial começa após um esforço físico, que pode ser desde um esforço banal, como se abaixar para pegar algo no chão, ou maiores como carregar algum móvel.

8. Como tratar a dor do nervo ciático

A melhor forma de tratamento é a preventiva, realizando atividades físicas regulares, fortalecimento da musculatura do tronco bem como seu alongamento, correção da postura no trabalho e atenção ao realizar esforços mas vigorosos, procurando utilizar mais membros inferiores para tal.

9. Como tratar o nervo ciático (ciatalgia)?

Uma vez que o paciente apresenta um quadro de ciatalgia, deve ser procurado o ortopedista para o diagnóstico correto, solicitação dos exames adequados para identificação da causa do problema e início precoce do tratamento. O tratamento vai ser direcionado de acordo com a origem do problema. Inicialmente prescrevemos medicações para diminuir a inflamação do nervo e diminuir as contraturas musculares eventualmente associadas.

Medicações:

  1. Corticoides e antinflamatórios: auxiliam na diminuição da inflamação do nervo.
  2. Complexo B: hoje sabe-se que as vitaminas do complexo B são fundamentais para a função dos nervos, assim, sua deficiência pode agravar os sintomas, sendo a sua reposição fundamental.
  3. Relaxantes musculares: melhoram quadros de contraturas musculares, sendo mais efetivos em situações onde é a principal causa do problema.
  4. Analgésicos: diminuem a sensação de dor do paciente.
  5. Opióides: utilizados em quadros dolorosos mais graves.
  6. Adjuvantes: auxiliam na dor neuropática e dor crônica, aumentando o limiar da dor.

A partir do momento que o paciente consegue se movimentar, inicia-se o trabalho de fisioterapia para analgesia, alongamento e fortalecimento muscular. O tratamento segue muito semelhante às outras doenças na coluna. Indo de acordo com a causa principal do problema, como uma hérnia de disco, uma síndrome do piriforme, uma contratura muscular, etc. Por este motivo é importante que se realizem os exames adequados para o diagnóstico e tratamento correto.

Eventualmente alguns pacientes não melhoram com tratamento conservador, principalmente nos casos onde há alguma compressão na região da coluna, seja por artrose ou por algum disco intervertebral, nestes casos estão indicados procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos ou invasivos, como os bloqueios anestésicos ou cirurgia para remoção da hérnia e outras estruturas que estejam comprimindo a raiz nervosa.

Contraste-na-raiz-de-L5-e-bloqueio-da-raiz

Contraste na raiz de L5 e bloqueio da raiz

Importante lembrar que a indicação cirúrgica é de exceção, com a maioria dos pacientes melhorando com tratamento conservador. Após a melhora, os pacientes devem fazer uma manutenção, ela pode ser feita através da fisioterapia, acupuntura, pilates, RPG, correção postural, alongamento e fortalecimento muscular, entre outro.

Os pontos chaves para um bom resultado são o diagnóstico e tratamento adequado precoces e manutenção após a resolução dos sintomas.

10. Referências (em inglês):

–Dor no ciático

–Ciatalgia

–O que é Ciatalgia

–Diagnóstico e tratamentos para Ciatalgia