Hérnia de Disco: Sinais de alerta e como tratar

Mais de 80% das pessoas no mundo têm ou vão ter algum tipo de problema na coluna durante a vida e isso pode dificultar atividades diárias, de trabalho ou lazer. A hérnia de disco pode ser uma delas.

Neste artigo, baseado no meu vídeo do YouTube, eu explico os principais sintomas, os sinais de alerta e as melhores formas de tratar a hérnia de disco e as outras doenças discais, como a protrusão e o abaulamento discal. 

O que é o disco intervertebral? 

O disco intervertebral é tipo um coxim amortecedor que fica entre as vértebras da coluna. Ele é essencial para dar mais mobilidade a coluna, também absorvendo impactos. 

disco intervertebral
Disco intervertebral, representado pela seta amarela

O disco intervertebral é composto por uma parte mais resistente em volta, chamada de anel fibroso e uma parte mole, que é o núcleo pulposo. 

anel fibroso do disco intervertebral

Qual a diferença de hérnia de disco, abaulamento, protrusão e desidratação discal? 

Antes de compreender a diferença entre cada problema no disco, é preciso entender a degeneração ou desgaste do disco, pois cada uma dessa lesões geralmente é originada por este motivo. 

coluna vertebral

Quando o anel fibroso se torna mais frágil por desgaste ou rompe por algum trauma, o núcleo começa a sair e pode comprimir algum nervo ou a própria medula, causando diversos sintomas. 

O resultado desse desgaste discal é a hérnia de disco, que pode ser classificada em ordem de gravidade ou de evolução, conforme essas ressonâncias abaixo: 

hérnia de disco com desgaste discal

  • O disco com as setas amarelas está sem alterações;
  • O disco pode estar desidratado, então fica mais escuro na ressonância, semelhante onde as setas vermelhas apontam;
  • Com pequeno abaulamento, ou seja, um pouquinho para fora, igual ao representado nas setas azuis.

abaulamento, protusão e extrusão discal.

  • Uma protrusão que é uma hérnia um pouco maior, igual nas setas verdes; 
  • E uma extrusão, quando ela se expande ainda mais, podendo até deslocar para cima ou para baixo, semelhante a seta.

A observação através da tomografia não tem nitidez adequada, por isso recomenda-se a ressonância magnética, para uma nitidez completa. 

Quais são os principais sintomas da hérnia de disco? 

Os discos estão por toda a coluna, então é possível apresentar sintomas de hérnia de disco em qualquer um dos seguimentos. Os discos mais frequentes de desenvolver as hérnias são na coluna cervical e lombar, o local com maior mobilidade. 

Na região dorsal torácica é muito raro ter uma hérnia sintomática, pois a coluna mexe de forma moderada por conta das costelas. 

Os sintomas também podem ser influenciados pela direção do avanço da hérnia, por exemplo, se é localizado mais para o meio do canal, podendo comprimir ou não a medula ou os nervos como um todo.

Nesses casos de compressão dos nervos ou da medula, é arriscado que o paciente possa ficar paraplégico ou tetraplégico. Caso a hérnia vá mais para o lado, comprimindo apenas uma raiz nervosa, os sintomas podem ser relacionados a essa compressão de nervos como do nervo ciático

Os principais sintomas da hérnia de disco são:

Dores locais

Dor localizada onde existe a hérnia, que se chama dor discogênica. Esse sintoma gera controvérsia, pois em alguns casos o paciente tem várias protrusões e não sente dores. 

Dores irradiadas

Quando o paciente tem uma compressão de algum nervo, ela pode sentir uma dor irradiada, indo direto para a região onde o nervo inerva na pele. 

Formigamentos ou dormência

É possível apresentar também formigamento e dormência onde o nervo comprimido inerva, nesses casos, a função do nervo se torna um pouco pior. 

Reflexos aumentados ou diminuídos

Dependendo de onde a hérnia de disco comprime o sistema nervoso, é possível que os reflexos sejam aumentados ou diminuídos. Um exemplo de teste para verificar é quando o médico dá aquela “batidinha” com um martelinho e a perna do paciente estende sozinha.

Perda de força muscular

A compressão e a função do nervo estão prejudicadas. Neste caso o paciente pode perder força muscular da região específica. 

Dor ao movimentar

É possível que o paciente sinta uma piora da dor ou dos sintomas irradiados do nervo com o movimento, como a flexão do tronco ou elevação da perna estendida. 

Piora da dor ao ficar na mesma posição

Outro motivo que pode causar a piora da dor é quando o paciente permanece muito tempo na mesma posição, seja sentado, em pé ou deitado. 

Perda do controle intestinal e urinário

Este sintoma diz respeito à síndrome da cauda equina, quando o paciente perde o controle da bexiga e intestino, podendo ter incontinência urinária e fecal. Além disso, acontece a perda da sensibilidade na região dos genitais. Essa é uma condição grave que precisa de cirurgia de urgência. 

É importante lembrar que quando o paciente sofre com compressão medular, é possível que ele apresente todos os sintomas acima, afetando todos os nervos do local comprimido para baixo. Sendo assim, a consequência pode ser a perda da força e sensibilidade dos braços, do tronco e das pernas e até paralisia dos músculos da respiração. 

Mas como ocorre a hérnia de disco?

O desenvolvimento da hérnia pode acontecer por degeneração do disco, ou seja, um desgaste crônico e uma sobrecarga nele. Portanto, o disco vai degenerando como um processo do próprio envelhecimento, assim como ficar com cabelo branco. 

No entanto, existem alguns fatores além da idade que pode ocasionar o agravamento da hérnia de disco, sendo eles:

  • Cigarro;
  • Obesidade;
  • Sedentarismo com falta alongamentos e fortalecimento muscular;
  • Fatores genéticos. 

Contudo, a postura inadequada, principalmente em pacientes que passam muito tempo sentadas encurvadas ou que fazem esforços físicos errados, tanto no trabalho quando no esporte, também é um fator de risco.

maneiras corretas de usar o computador, carregar peso e mexer no celular

Um estudo observou um indivíduo levantando o mesmo peso, quando fazia o mesmo esforço com a lombar encurvada para a frente ao invés de deixar reta, a força de sobrecarga no disco aumentava quase dez vezes.

forma correta de deixar a lombar ao carregar peso

Dessa forma, um indivíduo carregando 200kg corretamente, força menos a lombar que um levantando 50kg errado, a diferença é perceptível. Isso porque a pressão no disco não é distribuída de forma homogênea, conforme vemos na outra imagem. 

distribuição de peso na lombar

Quais os tratamentos indicados para hérnia de disco?

O tratamento e prevenção da hérnia de disco e dos seus sintomas, depende de remédios específicos para melhorar a dor neuropática e a função do nervo, assim como, perda de peso, correção de postura, fisioterapia, medidas analgésicas e de fortalecimento muscular e alongamentos específicos. 

No meu canal no YouTube, eu explico mais sobre tratamentos medicamentos para o controle da dor da hérnia de disco e outras condições ortopédicas.

Outros fatores que auxiliam no tratamento dos sintomas são:

  • Quiropraxia;
  • Acupuntura;
  • RPG e pilares (manutenção e prevenção da crise)

Em casos urgentes, é necessário intervenção de cirúrgica, mas na maioria das vezes é possível tratar sem. Inclusive, existem estudos que apontam que os sintomas em pacientes que fizeram ou não a cirurgia, após um período de oito anos eram parecidos.


Acompanhe meu blog e meu canal do YouTube para se informar mais sobre o tratamento da hérnia de disco e dores ortopédicas.

Sou Dr. Oliver Ulson, médico ortopedista, atendo com frequência casos de hérnia de disco e outras doenças discais em meu consultório. Caso você ou algum conhecido sofra com essas condições, não hesite em marcar uma consulta comigo. Eu posso te ajudar!