Complexo B (vitamina B12, B9, B6, B1, B2, B5): para que serve?

Olá, tudo bem?

Você sabia que o complexo B inclui 8 principais vitaminas diferentes e que cada tipo tem algumas funções diferentes entre si? A falta delas pode levar a diferentes doenças, que vão desde perda de memória, depressão, dor no nervo ciático, até anemia e problemas no coração.

Mas nem todo mundo precisa ficar gastando com suplemento!

Eu sou doutor Oliver, e nesse artigo eu vou explicar tudo sobre os vários tipos de vitamina B, incluindo quais os benefícios de cada uma, como suplementar e onde como conseguir o complexo B pela alimentação e se ele realmente engorda ou emagrece.

Fica comigo nesse artigo que eu está bem interessante e pode te ajudar bastante. Aliás, se você prefere na forma de vídeo esse texto é adaptado de um vídeo que publiquei no meu canal do YouTube.

A vitamina B12 foi a primeira descoberta em 1926. Naquela época só se conhecia um tipo de vitamina B e estava relacionada com a anemia perniciosa.

Com o passar dos anos e mais pesquisas no assunto, foram sendo descobertos novos tipos de vitamina B, que eram essenciais para a saúde.

Na verdade, apesar de agrupadas em um mesmo grupo de vitaminas hidrossolúveis, ou seja, que se dissolvem em água, todas elas são diferentes entre si.

Para não ficar uma coisa muito caótica e eu ficar passando informação picada sobre cada vitamina dessas, eu estou separando em tópicos esse artigo e aí você pode ir para a parte que mais interessar.

Nesse vídeo, eu vou falar sobre a B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9 e B12, ok?

Então começando com nossa lista de vitaminas

Vitamina B1: que é, para que serve e onde conseguir nos alimentos

A vitamina B1 é chamada de tiamina a sua falta leva a doença chamada beribéri. A falta de B1 leva a problemas no sistema nervoso, insuficiência cardíaca e diminuição da memória. O beribéri tem duas formas, sendo uma delas tão grave que pode levar até a morte.

A vitamina B1 é encontrada em carnes, cereais integrais, ovo, peixe e feijão.

Aqui vale uma observação importante: a cafeína, presente no café e no chá preto diminui a absorção da vitamina B1.

Vitamina B2: que é, para que serve e onde conseguir nos alimentos

A vitamina B2 também chamada de riboflavina é fundamental para várias funções no nosso organismo. É um tipo de corante laranja comum e em grande quantidade nos alimentos, tanto de origem animal quanto vegetal e por conta disso a sua falta é muito rara.

Vitamina B3: que é, para que serve e onde conseguir nos alimentos

A vitamina B3 também chamada de niacina é importante para o sistema nervoso, controle do colesterol, saúde dos olhos e atividade intestinal.

A sua falta pode levar à uma doença chamada pelagra, onde a pessoa tem confusão mental, dor de cabeça, diarreia, perda de apetite, feridas na pele e até demência.

A B3 esta presente em peixes, fígado, feijão, frango, brócolis, laranja, entre outros, assim é também rara a sua deficiência.

Vitamina B5: que é, para que serve e onde conseguir nos alimentos

A vitamina B5 é também conhecida como ácido pantotênico, é um cofator da coenzima A. É importante para a pele, cabelos, olhos, fígado e nossa imunidade.

Felizmente a falta dela também é rara pois é um uma vitamina muito abundante nos alimentos.

Então gente, como vocês estão vendo, essas 04 primeiras vitaminas são muito importantes para a nossa saúde, mas como é rara a deficiência não se fala muito sobre elas.

Mas eu achei importante falar delas porque tem gente por aí gastando dinheiro à toda, com essas vitaminas.

Agora as próximas vitaminas que vou falar, essas sim a gente precisa prestar mais atenção, pois acontece de a pessoa ficar em falta e ficar doente!

Vitamina B6: que é, para que serve e onde conseguir nos alimentos

A vitamina B6 também conhecida como piridoxina age diminuindo os sintomas de depressão, da tristeza e previne a demência, isso porque ela é importante na produção dos neurotransmissores serotonina e gaba.

Além do efeito protetor no sistema nervoso, a B6 possui efeito protetor no sistema cardiovascular, pois ela diminui a concentração de homocisteína, que é um aminoácido que em concentrações altas pode levar entupimento de veias e artérias, levando ao derrame e ao infarto do coração.

A vitamina B6 também ajuda na prevenção da anemia e dos sintomas de TPM e náuseas na gestação.

As principais fontes de piridoxina (B6) são: aves, peixes, banana, batata e grão-de-bico.

Ela também esta presente no remédio Dramin B6, que eu explico melhor porque em outro artigo sobre esse medicamento.

A vitamina B6 uma vitamina que existe em grande quantidade nos alimentos, mas que as vezes tem que ser suplementada em grávidas, pessoas com sobrepeso e pessoas que consomem muito álcool.

Antes da gente falar das duas mais importantes, a B12 cobalamina e a B9, que é o ácido fólico, eu vou explicar rapidamente a B7.

Vitamina B7: que é, para que serve e onde conseguir nos alimentos

A Vitamina B7, mais conhecida como biotina, funciona como um cofator em muitas reações químicas no corpo, sendo importante na produção de energia, principalmente no metabolismo de carboidratos e gorduras.

A deficiência de B7 é rara, mas pode levar a perda de cabelo e problemas de pele.

As principais fontes dietéticas de B7 (biotina) incluem ovos, leite, queijo, frutas, legumes e nozes.

Vitamina B9: que é, para que serve e onde conseguir nos alimentos

A vitamina B9, é mais conhecida pelo seu outro nome, o ácido fólico ou folato. Ela ajuda a formar o DNA e o RNA das células e está envolvida no metabolismo de proteínas.

Ela é importante para o crescimento e desenvolvimento saudáveis e é necessária para a produção de glóbulos vermelhos do sangue e para a função nervosa saudável.

A vitamina B9 é principalmente importante para as mulheres grávidas, pois ajuda a prevenir problemas no desenvolvimento neural do bebê.

Alimentos ricos em ácido fólico incluem folhas verdes escuras, frutas cítricas, feijão, grãos integrais e carnes.

Ela também é adicionada a alimentos e vendida como suplemento na forma de ácido fólico; esta forma é realmente mais bem absorvida do que aquela de origem alimentar, em torno de 70% a mais.

Quase sempre é indicada para gestantes.

Agora vamos falar da mais procurada e falada! A vitamina B12

Vitamina B12: que é, para que serve e onde conseguir nos alimentos

A vitamina B12 é também conhecida como cobalamina, foi a primeira a vitamina do complexo B a ser descoberta. Ela é fundamental na produção de glóbulos vermelhos, que são as células do sangue responsáveis por transportar o oxigênio que a gente respira, até os tecidos. Na falta dessa vitamina a pessoa pode ter anemia.

A vitamina B12 também tem efeito no humor das pessoas, pois ela é importante na produção de serotonina que é um neurotransmissor que traz bem-estar ao indivíduo.

A vitamina B12, assim como algumas vitaminas do complexo B, também tem efeito de proteger o coração e é importante para pele, unhas e cabelos.

Assim como o ácido fólico, a vitamina B12 é também importante durante a gestação. Aqui no caso, é porque ela diminui o risco de más formações do feto.

A vitamina B12 também é importante para a visão, principalmente nos idosos.

A B12 uma vitamina que é principalmente encontrada em alimentos de origem animal. Assim, as pessoas que têm que suplementar essa vitamina são pessoas veganas, vegetarianas, pessoas com doenças de absorção gastrointestinal e pessoas que fazem uso crônico de omeprazol, que eu explico melhor em outro artigo.

A reposição pode ser feita através da alimentação, em comprimidos ou injeção.

Bom, mas vamos supor você é uma dessas pessoas que precisa suplementar a vitamina B, como é feita essa suplementação?

Como suplementar as vitaminas do complexo B?

Como vimos, as vitaminas que mais precisam ser suplementadas são a vitamina B12, o ácido fólico e a B6.

A dose diária de B12, é 2,4 microgramas por dia, mas quem tem deficiência, pode repor com uma injeção por semana de 1000mcg, por 6 a 8 semanas, até normalizar.

A dose diária de B6 é de 1,3 a 1,7mg por dia.

Já o ácido fólico pode variar, mas pra mulheres grávidas é indicado 0,4mg por dia.

Olha gente, agora vamos acabar com mais um mito

O Complexo B e ou a vitamina B12 engordam?

Vitamina não tem caloria, o que acontece que pessoas com níveis baixos de vitamina B1 e B6 costumam ter pouco apetite e quando a pessoa as repõe, o apetite fica normal e a pessoa começa a comer melhor.

Então, se o seu medo é de engordar ou emagrecer com essas vitaminas, fica tranquilo, que não vai ser culpa delas.

Agora, se você gostou desse artigo convido para se inscrever no meu canal do YouTube e convido para ler esses outros artigos no meu blog.

Um grande abraço e até o próximo artigo!