Dor no Ombro: O que pode ser?

CONHEÇA AS 10 CAUSAS MAIS COMUNS DE DOR NO OMBRO

Muitos de nós frequentemente temos dores nos ombros, mas saiba que isso não é comum. Para lhe ajudar a entender do que se trata, neste artigo esclarecemos todas as suas dúvidas sobre o assunto. Vamos falar sobre as 10 causas mais comuns de dores no ombro, confira!

Massagista Masseando Ombro

A dor no ombro é considerada como uma das mais recorrentes às pessoas que procuram atendimento médico, onde de acordo com o médico especialista Oliver Ulson, essa queixa atinge cerca de 20% dos brasileiros.

Além disso, o Dr. Oliver afirma que esse tipo de dor só não é mais comum nas unidades ortopédicas e fisioterápicas que as de dores nas coluna.

Dessa forma, esse problema de saúde não deve ser encarado pelo paciente como banal, pois pode ser origem de uma possível complicação na articulação, oriunda de traumas, processos degenerativos ou até mesmo da má qualidade de vida.

Por isso, se você sente dor no ombro direito ou esquerdo, saiba que é indispensável procurar a ajuda de um médico especialista para avaliar o seu caso, afim de evitar alterações na estrutura anatômica ou complicações mais graves.

Devemos ficar atentos principalmente em casos de dor no ombro esquerdo, pois doenças cardíacas como o infarto agudo do miocárdio podem apresentar esse tipo de sintomas.

Então, quer saber mais sobre o que pode ser uma dor no ombro? Veja a seguir mais detalhes sobre esse tema tão importante e esclareça todas as suas dúvidas!

– O QUE CAUSA A DOR NO OMBRO?

As dores na região dos ombros podem ser causadas devido à problemas nas articulações, tendões, ligamentos ou músculos, mas também podem estar relacionadas a traumas ou lesões na coluna cervical ou torácica.

Nesse sentido, você pode começar a sentir um incômodo nos ombros por um simples mau jeito dado na região ou até mesmo se sofreu um problema de coração, como no caso de um ataque cardíaco.

De modo geral, a dor no ombro está relacionada à:

  • Falha na postura corporal
  • Excesso de movimentos repetitivos com os braços
  • Traumas durante atividades de lazer, do lar, profissionais ou físicas
  • Problemas de saúde diversos ou envelhecimento
  • Outras doenças à distância (como no pescoço ou coração) com irradiação para o ombro e braço

Vamos conhecer então quais são os sintomas mais comuns da dor no ombro?!

– QUAIS SÃO OS SINTOMAS CARACTERÍSTICOS?

Os sintomas da dor nos ombros irá variar de paciente para paciente, visto que cada organismo reage de uma forma diferente, as lesões são características, o estado de saúde é diferente, enfim.

Mas, de maneira geral, há sintomas comuns, tais como:

  • Intensa dor muscular na região dos ombros, braços e pescoço
  • Dor noturna, dependendo da posição que se dorme
  • Dor ao movimentar os braços, especialmente quando levantados para cima
  • Dificuldade de estabilizar o ombro
  • Desalinhamento entre o ombro direito e esquerdo

Então, se você sente algum desses sintomas listados é preciso ficar atento, pois pode ter problema em seu ombro. Acompanhe logo a baixo os principais motivos da dor nos ombros!

– QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS DIAGNÓSTICOS DE DOR NO OMBRO?

Pois bem, confira a seguir uma lista com os 10 problemas mais comuns entre a população:

  1. Fratura no ombro

A articulação do ombro é composta por 03 ossos: o úmero (osso do braço), a clavícula e escápula (omoplata, ou “asa”). Como a articulação do ombro é recoberta por um volume maior de massa muscular, o diagnóstico da fratura pode ser difícil de diferenciar sem radiografias.

Assim, esse tipo de problema está associado a acidentes ou pancadas sérias na região, provocando tanto a fratura de um dos ossos do ombro como também sendo possível afetar as regiões ligadas a ele, como o pescoço, braços, cotovelos ou costelas.

As fraturas do úmero e da clavícula são as mais comuns, sendo a fratura do úmero frequentemente relacionada à osteoporose, nos idosos.

  1. Luxação

A luxação no ombro se trata do deslocamento dessa região, na qual pode ser causada devido à movimentos bruscos ou acidentes. As duas articulações afetadas são a glenoumeral (entre o úmero e a escápula) e a acrômio-clavicular (entre a escápula e a clavícula).

A luxação do ombro é o principal diagnóstico diferencial das fraturas, pois ambas estão relacionadas a traumas e apresentam dor e limitação funcional.

É uma dor no ombro mais fácil de identificar, visto que gera uma dor extremamente desconfortável associada, na maioria das vezes, a uma deformidade e até mesmo a incapacidade momentânea de movimentar os ombros e braços.

Essas lesões muitas vezes evoluem com instabilidade articular, pela lesão dos ligamentos do ombro. São mais frequentes em pacientes jovens e necessitam eventualmente de cirurgia para reparo desses ligamentos (imagem abaixo).

Reparo Ligamentar Para Instabilidade Do Ombro

Reparo ligamentar para instabilidade do ombro

  1. Bursite

A bursite se trata do processo inflamatório das bursas, ou seja, as bolsas de líquidos que se encontram nas articulações do corpo humano, como na região dos ombros.

A bursite no ombro esquerdo é um pouco menos frequente que no direito, pois a incidência de pessoas destras é maior, sendo o ombro direito o mais lesado em casos de esforço repetitivo.

Esse tipo de problema já é mais difícil de ser diagnosticado em casa, pois os sintomas característicos são dor e desconforto no ombro, isto é, sintomas muito genéricos.

É importante comentar que a maior parte dos casos de bursite no ombro tem algum distúrbio relacionado como impacto subacromial ou lesão do manguito rotador, principalmente do supraespinhal.

  1. Radiculopatia cervical

Essa dor no ombro acontece quando o paciente possui alguma compressão ou lesão em um ou mais dos nervos cervicais da coluna. Ela pode ocorrer por uma hérnia de disco ou artrose na coluna cervical, por exemplo.

De modo geral, a radiculopatia cervical causa uma dor no pescoço que é irradiada para o ombro e braço, além de formigamento e sensação de fraqueza ao movimentar os membros afetados. O diagnóstico diferencial é mais fácil quando existe dor e formigamento até as mão, pois as doenças do ombro não costumam irradiar até lá.

  1. Osteoatrite

A osteoatrite também é conhecida como osteoartrose ou artrose do ombro, trata-se de uma alteração da cartilagem, geralmente pelo seu desgaste natural, por lesões antigas do manguito rotador ou ligamentos do ombro (com instabilidade articular).

De modo geral, costuma apresentar sintomas de dor frequente, especialmente quando realizados movimentos repetitivos e diminuição da capacidade de movimento do membro.

  1. Artrite reumatoide

Esse tipo de dor na região dos ombros é causada por um processo inflamatório crônico e autoimune nas articulações, não tendo cura, apenas tratamento.

Com relação as dores sentidas pelo paciente, é comum a dor em diversas regiões do corpo e também o inchaço nas áreas afetadas, conhecido como poliartrite crônica.

  1. Tendinite

Esse problema é causado pela inflamação nos tendões, ou seja, a parte do corpo que liga os músculos aos ossos.Normalmente, o paciente com tendinite no ombro sente dor no ombro com irradiação para o braço, até o cotovelo.

Essa dor raramente ultrapassa os cotovelos, mas pode estar apresente quando o paciente tem tendinite em outras articulações, que leva à dificuldade de movimentação dos braços.

Os pacientes podem apresentar calcificações do tendão, conhecida como tendinite calcária (Imagem abaixo), sendo facilmente diagnosticada com um simples raio-X.

Tendinite Calcária no ombro
Tendinite Calcária
  1. Lesão no manguito rotador

Essa lesão está muitas vezes relacionada à chamada síndrome do impacto do ombro e é oriunda de lesões nas estruturas tendíneas, que por sua vez são responsáveis por estabilizar e dar movimento na região dos ombros.

Na maioria das vezes, é a evolução da tendinite crônica do ombro, que leva a rupturas do tendão enfraquecido e inflamado.

Nesse sentido, as dores relatadas são de fraqueza e dificuldade de movimentação, dor característica, devido aos rompimentos totais ou parciais desses tecidos musculares. É frequente também a queixa de dor no ombro noturna.

Sutura do manguito rotador       

 9. Capsulite Adesiva

A capsulite adesiva, também conhecida como ombro congelado, é uma doença que leva à dor e enrijecimento da articulação. Ela ocorre pela fibrose e perda de elasticidade das estruturas ao redor do ombro, como cápsula articular e ligamentos.

 10. Síndrome Coronariana Aguda

Apesar de não ser uma doença ortopédica, muito menos do ombro, achei pertinente colocar neste artigo, pois é uma causa frequente de dor no ombro, com a complicação mais séria, o infarto agudo do miocárdio (coração).

Geralmente ocorre em pacientes adultos acima dos 50 anos. Indivíduos sedentários, fumantes, hipertensos, com doenças cardíacas, colesterol alto, histórico familiar, são fatores de risco para a doença.

Entre os sintomas mais comuns:

  • cansaço e dor em aperto no peito
  • falta de ar
  • dor no ombro esquerdo ou no peito que irradia para o braço, pescoço ou para as costas
  • dor no ombro direito ou no epigástrio (“boca do estômago”), podem ocorrer, mas são menos frequentes

Assim, se você apresenta algum desses fatores de risco e sintomas, deve procurar um pronto-socorro para atendimento de urgência!

Agora que você já sabe o que pode ser a dor nos ombros, que tal ver como é possível melhorar esses problemas? Confira a seguir algumas dicas interessantes!

– COMO PREVENIR OU MELHORAR ESSE PROBLEMA?

De maneira geral, muitos desses diagnósticos de lesão no ombro podem ser evitados ou melhorados com os seguintes cuidados:

  • Mudanças em seu estilo de vida, buscando não exagerar em quaisquer atividades que exijam esforços repetitivos
  • Manter sempre uma postura firme e ereta, a fim de evitar problemas de postura
  • Pratique exercícios físicos com moderação e específicos para a região dos ombros, com o intuito de treinar e estabilizar eles.

Já para os casos diagnosticados, é essencial seguir à risca a medicação e tratamento prescritos pelo médico especialista e procurar realizar atividades de reabilitação, como a fisioterapia.

Então, tirou suas dúvidas sobre a dor no ombro? É importante ficar atento aos sinais que seu corpo lhe envia e caso suspeite de algo errado, não hesite em marcar uma consulta para avaliar o problema!

Se você gostou do artigo, ficou com alguma dúvida ou gostaria de sugerir algum tema, escreva nos comentários abaixo.

Se teve algum tipo de fratura ou outra lesão traumática e gostaria de agendar uma consulta entre em contato com a clínica e agende uma consulta com Dr Oliver Ulson, ficarei feliz em poder ajudar.

Realizo consultas de ortopedia em São Paulo (Higienópolis e Itaim Bibi) e Alphaville (Barueri / Santana de Parnaíba).

Referências: 

Tendinite no Ombro (em inglês)

Bursite e Tendinite no ombro (em inglês)

Tendinite no Manguito Rotador (em inglês)

Dores e problemas no ombro (em inglês)

Causas mais comuns de dor no ombro (em inglês)

Diagnóstico e tratamentos para dor no ombro (em inglês)