A sutura do  menisco é uma técnica cirurgica que viza a reparação de um menisco lesionado através do uso de fios de alta resistência para suturar (costurar) essa fibrocartilagem de modo a conseguir preservar o máximo possível dessa estrutura.

Devido a baixa vascularização do Menisco, essa técnica só pode ser usada quando a lesão ocorre na chamada “zona vermelha”, vascularizada, a área periférica do menisco que recebe boa nutrição e por conta disso possui boa capacidade de cicatrização.

As lesões no menisco são causadas geralmente quanto o joelho, e por conseqüência a fibrocartilagem meniscal, sofrem um impacto direto com forte intensidade. Isso pode ocorrer em acidentes ou também em práticas esportivas.

Tipos de Lesão

Existem nove tipos de lesão no menisco, são eles:

– Em Alça de Balde ou em Asa: uma lesão grande que faz com que parte do menisco fique solta e se prenda no meio do joelho.

– Degenerativa ou horizontal: mais encontrada em pessoas de idade que possuem artrose, é um desgaste do menisco.

-Radial: ocorre no meio do menisco e pode vir a solta-lo do joelho

-Longitudinal: ocorre também no meio do menisco, verticalmente.

– Obliqua: é uma lesão em sentido diagonal, mais comum de ocorrer atrás do menisco.

– Em Rampa: lesão menisco capsular comum quando há lesão em algum ligamento podendo ser meniscocapsular ou meniscotibial.

– Da Raiz: ocorre quando uma das raízes que liga o menisco ao osso se rompe, podendo deixá-lo solto no joelho.

– Complexa: quando ela não tem um formato único, ocorre em vários sentidos.

– Extrusão: ocorre quando o menisco fica solto do joelho, é causado por algumas das lesões mencionadas anteriormente.

Tipos de Sutura

                Existem diferentes técnicas que podem ser utilizadas para se fazer a sutura do menisco. O cirurgião ortopedista vai escolher a técnica mais indicada conforme o tipo e local da lesão (menisco medial ou lateral) e também conforme sua própria experiência realizando essas cirurgias.

                Todas elas são feitas por meio de Artroscopia, portanto não existe a necessidade de se fazer uma cirurgia de joelho aberto.

Técnica de fora para dentro (outside-in}

                Nesta técnica a sutura é feita no menisco vindo de fora do joelho, em direção ao interior, com a agulha perfurando a parte lesionada do menisco, por onde vai passar o fio. Em seguida é feita outra incisão na parte de trás do joelho, para que se possa pegar o fio e atar o nó que via fixar o menisco lesionado.

Técnica de dentro para fora (inside-out)

                Essa técnica, por sua vez,  consiste em se suturar o menisco vindo do interior para o exterior do joelho, portanto é necessário que se faça uma incisão na parte externa para se retirar a agulha.

Técnica toda dentro (all Inside)

                Com essa técnica, primeiro são feitas a s incisõea atrscópicas, para depois se introduzir o dispositivo da agulha (Fast-Fix ou Rapidlock) que vai fazer a sutura através de “disparos” que prendem os dois lados da lesão através de um ponto.

Foto: https://ortopedistaemsaopaulo.com.br/wp-content/uploads/2022/07/cirurgia-menisco.jpg

Conclusão

                Se gostaria de agendar uma consulta, ficarei feliz em poder ajudar, atendo como ortopedista em São Paulo (Itaim Bibi e Higienópolis) e Alphaville (Barueri/Santana de Parnaíba) e por telemedicina.

REFERÊNCIA:

– Sutura de Menisco all-inside

– Reabilitação pós sutural meniscal