Taurina conheça os efeitos antienvelhecimento e como usar com segurança

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo ao meu blog.

Eu sempre fui muito interessado por assuntos relacionados à longevidade, aliás que não quer viver mais e melhor?!

Quando eu vi esses estudos sobre o efeito desse aminoácido, no aumento da expectativa de vida, eu quis trazer em primeira mão para você esse assunto.

Em um dos estudos a taurina chegou a aumentar até 23% a expectativa de vida dos animais estudados!

Bom, se você não me conhece, prazer, eu sou doutor Oliver, eu sou médico ortopedista e nesse artigo eu vou falar tudo sobre a taurina: o que é, para que ela serve, como conseguir nos alimentos e suplementar e no final eu coloco uma conclusão com minha reflexão e opinião pessoal.

Então fica comigo nesse artigo até o final que têm muita informação valiosa e interessante para você.

Aliás, se preferir ver na forma de vídeo, este é um texto adaptado de um vídeo publicado no meu canal do YouTube:

Então vamos lá?

Talvez você já tenha visto que a taurina é um dos principais compostos nos energéticos, tipo o Redbull. O Redbull contém em uma lata de 355ml, 1420mg de taurina. Mas porque eles a colocam no energético?

Calma que eu vou explicar por que, mas antes vamos entender o que é a taurina e para ela serve no organismo.

O que é a taurina e para que ela serve

A taurina é um aminoácido semi-essencial, ou seja, ela é produzida pelo próprio corpo no fígado e sistema nervoso a partir da metionina e da cisteína, porém é considerado semi-essencial, porque geralmente o corpo não consegue produzir o suficiente e precisa complementar o restante pelos alimentos.

Isso acontece principalmente em situações especiais, como doenças, traumas e o próprio envelhecimento, conforme encontrado em um dos estudos que eu cito aqui nesse artigo.

Nesse estudo, foi encontrado que a concentração de taurina no sangue diminui com o envelhecimento em até 80%, já na faixa dos 60 anos, que hoje para mim é uma pessoa jovem. Conheço muita gente nessa idade e mais velha, que faz muito esporte e ta firme no trabalho!

A taurina é um dos aminoácidos mais abundantes e importantes no nosso corpo. Para quem não sabe o que é um aminoácido, é a menor unidade que forma as proteínas, mas a taurina, tem uma diferença nesse sentido.

A taurina é muito pouco usada para formar a estrutura das proteínas, ela é mais usada no corpo para controlar várias atividades no metabolismo das células.

Para você ter uma ideia, a falta de taurina no desenvolvimento da uma pessoa, pode levar a doenças nos músculos, incluindo o coração, doenças nos olhos e no sistema nervoso central.

Esses são os órgãos mais estudados, mas hoje parece também ser importante para várias outras funções em outras partes do corpo, que eu vou falar agora.

E vamos falar disso baseado no que a ciência descobriu sobre ela até agora, sobre os efeitos da taurina no corpo e no envelhecimento.

Como eu falei antes, já foi observado que a concentração de taurina diminui no sangue dos humanos e outros animais conforme vai envelhecendo, no nosso caso, uma redução de até 80%.

Mas qual a implicação disso?

Para tirar essa dúvida, foi realizado um estudo observacional com mais de 11 mil pessoas, ou seja, não fizeram nenhuma intervenção, não mudaram nada na rotina delas.

Só mediram os níveis de taurina no sangue e viram as doenças que essas pessoas tinham.

Nesse estudo encontraram uma relação de níveis baixos de taurina no organismo, com a presença de doenças como o diabetes, obesidade, doença no fígado, pressão alta e níveis mais altos de açúcar no sangue, inflamação e gordura visceral.

Mas só com esse estudo a gente pode falar que a taurina trata essas doenças? Claro que não, porque a taurina é comum em alimentos com proteína animal, então talvez outras substâncias que têm na carne podem ter esse efeito, ou talvez a pessoa que come menos carne, come mais carboidrato e acabe tendo esses problemas.

Então para tirar essa dúvida, começaram a fazer estudos com animais.

Em um desses estudos, eles suplementaram a taurina para ratos adultos e compararam com os ratos sem a suplementação.

Eles começaram a suplementar a taurina, em idade equivalente aos 40 anos para humanos.

Os ratos que suplementaram a taurina, viveram o restante da vida de 18 a 25% mais que os outros. E quando compararam o tempo total de vida de cada um foi um aumento de 10 a 12% a mais.

Ou seja, seria como uma pessoa vivendo perto de 8 a 10 anos a mais.

E aqui esta o gráfico do estudo.

Mas porque a taurina aumentaria a vida desses animais, então fizeram mais alguns outros estudos e conseguiram para entender o efeito dela no corpo.

Para que serve a taurina no corpo

A taurina serve como neurotransmissor para os neurônios, tem efeito antioxidante e ajuda no equilíbrio eletrolítico de sais no corpo.

A taurina parece servir para o funcionamento adequado de várias outras funções no metabolismo celular, como função mitocondrial e do nosso DNA, que estão relacionados com o envelhecimento.

Nesses estudos com a taurina também encontraram uma melhora da função de órgãos como músculos, pâncreas, osso, intestino, cérebro, redução da gordura, melhora da imunidade e melhora da energia.

Caramba, impressionante né?!

Mas será que todo mundo precisa suplementar mesmo?

Calma que eu vou falar isso mais para a frente e eu quis trazer esse assunto em primeira mão, porque eu sei que têm gente se aproveita da situação para empurrar suplemento para todo mundo!

Agora, eu vou falar quais os melhores alimentos para conseguir a taurina e se for o seu caso, como que suplementa.

Mas antes, se você se interessa por esse tipo de assunto e está gostando do artigo, gostaria de convidar para se inscrever no meu canal do YouTube, que lá tem sempre vídeo novo sobre saúde.

Então vamos lá!

A taurina é um aminoácido essencialmente de fonte animal, fora isso, você vai encontrar só em fungos, cogumelos e algas, que também não são vegetais, ok?

Os principais alimentos são a carne do músculo, coração e fígado animal, assim como crustáceos, como o camarão por exemplo.

Mas vamos supor que você seja vegetariano, o que fazer?

Olha que curioso, o alimento mais rico em taurina é o leite materno, para você ver a importância dela. A natureza pensou em tudo.

Os leites e derivados de outros animais também têm taurina, assim como ovo. Então, se você não come carne de nenhum tipo, é uma solução.

Agora, se você é vegano, tem que comer bastante fungos, como cogumelos e as algas.

Caso contrário, melhor suplementar.

Então antes de falar da suplementação, eu fiquei devendo a explicação da taurina nas bebidas energéticas.

Na verdade, ao contrário do que as pessoas imaginam, que a taurina tem efeito estimulante, ela foi colocada nos energéticos porque ela ajuda a diminuir os efeitos colaterais da cafeína na bebida.

Lembra que no começo do artigo eu expliquei que ela serve como neurotransmissor, exatamente isso. Ela ajuda a modular a excitabilidades dos neurônios, diminuindo o efeito colateral da cafeína. Legal, né?

E será que a taurina ajuda para quem treina?

Parece que pode ajudar em atividades de maior resistência e intensidade, mas o nível de evidência científico ainda é baixo e em alguns estudos não mostrou ter tanto benefício.

Então eu acho que para isso não compensa gastar seu dinheiro.

Mas vamos supor que você está interessado nos outros benefícios que eu falei antes, quando que vale à pena e quanto que suplementa a taurina?

Olha, primeira coisa que a gente precisa deixar claro, que os estudos que eu mostrei são em amostras em animais e não são tantos estudos, então o nível de evidência científico é baixo para muita coisa que eu falei aqui.

Na verdade, o raciocínio que eu tenho é que baixos níveis de taurina fazem a gente viver menos, mas não que o excesso dela vai fazer viver mais.

Por isso, a gente precisa continuar acompanhado os resultados de novas pesquisar e se sair bastante coisa nova no futuro eu escrevo um artigo novo e faço um vídeo, por isso vale à pena se inscrever no meu canal.

Baseado em tudo que eu vi sobre a taurina, eu acho que vale à pena suplementar em algumas circunstâncias:

  1. Se você é vegetariano ou principalmente se é vegano, porque a chance dela está baixa é alta.
  • Se você está com alguma doença no sistema digestivo ou outra doença consumptiva grave. Tipo câncer, trauma grave etc.
  • Outra coisa que talvez ajude, é tomar ela se você usa algum tipo de estimulante e fica meio mal ou com baixa concentração.
  • Se você tem mais de 40 anos, por esse estudo parece ser uma boa suplementar com a taurina também, e quanto mais velho, mais vale à pena a suplementação.

Caso contrário, se você não tem nenhuma doença, come proteína animal com frequência e é jovem, com menos de 40 anos. Eu acho que é desperdício de dinheiro.

Como suplementar a taurina

A dose de suplementação da taurina é geralmente de 1 a 3 gramas por dia para uma pessoa de uns 75kg.

Pelo menos, foram essas as dosagens usadas nos trabalhos científicos. Quanto mais fatores de risco maior a dosagem.

E eu, suplemento ou não?

Eu não suplemento no momento, porque eu não tenho nenhum fator de risco para ter a taurina baixa, mas talvez quando eu ficar mais velho eu comece a suplementar, até lá, vou aguardando por mais pesquisas no assunto.

Se você gostou desse artigo da uma olhada nesses outros na sequência são muito bons também.

Grande abraço e até a próxima!

https://www.science.org/doi/abs/10.1126/science.abn9257

https://link.springer.com/article/10.1007/s00726-013-1544-7

https://www.science.org/doi/abs/10.1126/science.adi3025